quarta-feira ,24 janeiro 2018
Home / Noticias / Baleado no peito, homem esfaqueia gravemente o rival, em Parnaíba

Baleado no peito, homem esfaqueia gravemente o rival, em Parnaíba

1

Mesmo com um tiro no tórax, o magarefe Renaldo dos Santos de Oliveira, 45 anos, esfaqueou gravemente seu desafeto, identificado como “Zezinho”, por volta das 19h30 de domingo (30/07), na comunidade Vazantinha, zona Rural de Parnaíba.
Renaldo relatou que chegara da praia junto com a esposa e a neta e viu seu irmão Francisco das Chagas dos Santos de Oliveira, 27 anos, sendo agredido por “Zezinho”, que estava armado com revólver, durante uma bebedeira próximo ao campo de futebol.

2

Para evitar que seu irmão fosse morto, Renaldo foi para cima de “Zezinho” que efetuou disparos; mas conseguiu se defender e juntou uma faca. Já perto de seu rival, Renaldo foi baleado, a queimar roupa, no tórax; mas segurou “Zezinho” e o esfaqueou várias vezes, deixando-o em estado grave.
“Zezinho” foi levado para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) por meios próprios e ainda foi derrubado na entrada pelos que não aguentaram seu peso. Renaldo Oliveira também foi atendido e levado para o Pronto Socorro. A Polícia Militar seguiu para o local. Depois, já na Central de Flagrantes ainda com soro sendo aplicado, disse que não ia deixar matarem seu irmão e foi intervir.
Questionado sobre seu apelido, Renaldo disse que é “Pato Donaldo”, porque sabe imitar a voz do personagem. Assim o fez e na imitação trocou de apelido para “Peito de Aço”, enquanto caia na gargalhada. Perguntado sobre o motivo das agressões disse que era cachaçada. O delegado plantonista Rodrigo Mello liberou Renaldo Oliveira justificando que o conduzido agiu em legítima defesa. Segundo a polícia, “Zezinho” é conhecido pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e roubo.
Imagens: Gleitowney Miranda/Com informações do Portal Costa Norte

Você pode Gostar de:

zzzzz

Federal da parnaíba

Compartilhe no WhatsAppTudo pode acontecer! Estamos começando uma sequencia denominada tudo pode acontecer, destinado a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *