Home / Sem categoria / Pachuca não impressiona, mas Grêmio adota cautela e prevê dificuldade na semi

Pachuca não impressiona, mas Grêmio adota cautela e prevê dificuldade na semi

Auxiliar de Renato e dirigentes acompanharam o confronto dos mexicanos contra o Wydad Casablanca e analisaram o rival da semifinal do Mundial
Auxiliar de Renato e dirigentes acompanharam o confronto dos mexicanos contra o Wydad Casablanca e analisaram o rival da semifinal do Mundial
Grêmio conheceu na tarde deste sábado seu primeiro adversário no Mundial de Clubes. O Pachuca venceu o Wydad Casablanca, do Marrocos, e será o rival na semifinal, na próxima terça, em Abu Dhabi. E a julgar pela avaliação dos gremistas, o Tricolor tem boas condições de superar os mexicanos e avançar à final, mas não pode cair na armadilha de menosprezar o rival.

O auxiliar de Renato, Alexandre Mendes, acompanhou a partida no Estádio Zayed Sports City, junto com o presidente Romildo Bolzan Júnior, o vice de futebol Odorico Roman e o vice Adalberto Preis, entre outros dirigentes. E a avaliação geral é de que foi um jogo fraco tecnicamente, no qual os dois times apresentaram até certa ingenuidade, mas que é preciso levar em conta fatores extracampo, como adaptação ao fuso horário e ansiedade pela estreia.

Para Mendes, não é possível avaliar o Pachuca apenas por um jogo. O auxiliar de Renato prevê um duelo difícil para o Grêmio na semifinal e destaca destaca algumas qualidades dos mexicanos, além de um jogador em especial, o japonês Honda, ex-Milan e grande nome do time.
Fonte: Globoesporte.com

– O Honda, que dá um trato especial na bola, tem bastante qualidade. É um time bastante aguerrido, tem dois jogadores extremos bem velozes, um jogador de marcação mais fixo dentro da área. É um time bastante competitivo e nós vamos ter bastante dificJá o presidente Romildo Bolzan Junior saiu do estádio animado com o que viu. O Pachuca deu bastante espaço para os marroquinos e teve muitas dificuldades para levar perigo ao gol do rival, mesmo com um homem a mais a partir dos 23 minutos do segundo tempo – o volante Nakach foi expulso após receber o segundo amarelo. O tento da vitória só veio aos 6 minutos do segundo tempo da prorrogação, anotado por Guzmán.

– Como eu não conhecia nenhum dos times, me baseando pelo jogo que vi hoje, acho que o Grêmio tem condições de fazer um bom enfrentamento. Tem condições de fazer uma partida em igualdade e passar para jogar a final – projeta Romildo. – Eles jogam em uma linha de três. O volante não sai muito, mas são jogadores também que tocam a bola. Acho que o grande problema que eles têm é a falta de velocidade, um pouquinho mais de velocidade. O Grêmio pode levar vantagem sobre isso. Mas tudo isso é conjectura. Mas por mais que o adversário não tenha impressionado, o Grêmio também se cerca de cuidados para evitar qualquer tipo de salto alto. O vice-presidente Adalberto Preis viu qualidades no Pachuca e diz que o Tricolor terá de entrar em campo concentrado.

– É um time mais técnico, que se espalha bem em campo, tem sempre opção de passe, joga com toque de bola. Neste jogo de hoje achei que o time não apresentou grandes virtudes nas conclusões. Fora isso, mostrou boa marcação, tem um maestro, que é o japones Honda, que tem uma boa canhota, boa técnica, sempre procura o passe para um jogador bem colocado. É um time bem organizado, o Grêmio não pode levar este jogo como jogado – alerta.

O confronto entre Grêmio e Pachuca ocorre na terça-feira, às 15h (horário de Brasília), no estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain. Quem vencer, espera na final do Mundial o vencedor do duelo entre Real Madrid e Al Jazira.

Você pode Gostar de:

paralisacao dos medicos do estado

Médicos do estado paralisam por 24h e atendimentos são suspensos em todo o Piauí

Compartilhe no WhatsAppMédicos da rede estadual de saúde realizam nesta sexta-feira (6) uma paralisação de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *