quinta-feira ,14 dezembro 2017

Home / Esporte / rasil revê rival europeu, raro no ciclo, para amenizar preocupação de Tite

rasil revê rival europeu, raro no ciclo, para amenizar preocupação de Tite

Seleção nunca jogou tão pouco contra países do Velho Continente quanto nesse período desde a Copa-14

Você se lembra da vitória sobre a França, em março de 2015? Em Paris, ainda treinado por Dunga, o Brasil fez 3 a 1, gols de Neymar e de outros dois jogadores que jamais foram convocados por Tite: Oscar e Luiz Gustavo. Aquela foi a última partida da Seleção contra um rival europeu. Um hiato de dois anos e oito meses que se encerrará nesta terça-feira, diante da Inglaterra, em Londres.

Oscar comemora gol na vitória do Brasil sobre a Brasil em 2015 (Foto: AFP)

A ausência de confrontos com equipes do Velho Continente, da elite do futebol, é uma das grandes preocupações da comissão técnica. Logo que assumiu, Tite e o coordenador Edu Gaspar estipularam a meta de marcar amistosos contra adversários poderosos, mas antigos compromissos já assinados e a agenda preenchida de outras seleções adiaram o início dessa etapa.

O técnico admitiu na última segunda-feira que o nível de exigência desse jogo diante dos ingleses será mais alto do que, por exemplo, na vitória sobre o Japão. Mas concordou com Daniel Alves, que minimizou a mudança de escola do adversário.

– Não é tão diferente do que estamos acostumados a enfrentar. Os adversários sul-americanos e de outros continentes são tão difíceis quanto esse, mas é bom para diversificar adversários, entender a forma de jogar de outras escolas. Você tem que enfrentá-los, mas não é mais difícil nem mais fácil. São testes que servem de preparação para nossa Seleção, nosso fortalecimento é sempre tentar melhorar – disse o capitão da equipe.

Desde o fim da última Copa do Mundo, o Brasil só teve três rivais europeus. Antes da França, em novembro de 2014, enfrentou Turquia e Áustria: vitórias por 4 a 0 e 2 a 1, respectivamente. Esse é, de longe, o ciclo entre Mundiais com menos jogos diante de países desse continente.

Com informações do: globoesporte.com

Você pode Gostar de:

728x470

Dívida bilionária assusta dirigentes do Corinthians

Compartilhe no WhatsAppA situação das finanças do Corinthians assusta mais a cada dia. Devendo aproximadamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *